Fria feridas: Evite tocar as bolhas

Fria feridas: Evite tocar as bolhas

Evite tocar nas vesículas em herpes labial
Muitas pessoas têm herpes labial recorrente. No início, geralmente há uma leve coceira ou sensação de queimação na área da boca antes que as bolhas e aftas da afta se tornem visíveis. Segundo a Sociedade Dermatológica Alemã, os vírus causais são comuns na população e cerca de 90% dos alemães já tiveram contato com os patógenos. Para impedir que o vírus seja transmitido a pessoas ou outras regiões do corpo na fase aguda, deve-se prestar atenção especial à higiene e, na medida do possível, não tocar nas bolhas.

Como o fluido de escape das vesículas de herpes contém altas doses de patógenos, o contato deve ser evitado na medida do possível. Se o contato ainda ocorrer, a lavagem cuidadosa das mãos com sabão ajuda a eliminar os vírus do herpes. Luvas descartáveis ​​podem ser usadas para aplicar creme. Apesar da coceira, coçar é estritamente tabu, pois existe o risco de lesões na pele que podem levar a infecções bacterianas secundárias. Os produtos cosméticos e de higiene que entram em contato com as áreas afetadas também não devem ser compartilhados com outras pessoas durante a fase aguda da herpes labial.

Depois de uma semana, a afta desaparece
Segundo a Sociedade Dermatológica Alemã, a afta geralmente termina após dez dias e as bolhas curam sem cicatrizes. Os vírus então permanecem de forma inativa no organismo. Vários gatilhos podem causar um novo surto aqui, mas quais fatores causam a reativação dos vírus ainda não foram esclarecidos conclusivamente. fp)

Informação do autor e fonte


Vídeo: FARINGITE: O QUE É, QUAIS SÃO AS CAUSAS E COMO PREVENIR? Dr Paulo Mendes Jr- Otorrino em Curitiba