O vírus zika também é transmitido através do contato sexual entre homens

O vírus zika também é transmitido através do contato sexual entre homens

Segundo as autoridades americanas, o homem está infectado
Nos Estados Unidos, um homem infectou seu parceiro através do contato sexual com o vírus zika. Isso é relatado pela agência de notícias AFP, citando as autoridades de saúde dos EUA. Consequentemente, a transmissão do patógeno também é possível entre os homens. Até agora, apenas eram conhecidos casos em que homens haviam infectado sexualmente suas mulheres.

Contágio após retorno da América do Sul
Um homem dos Estados Unidos demonstrou ter infectado seu parceiro com o vírus Zika. Segundo a AFP, a agência de saúde dos EUA "Centros para Controle e Prevenção de Doenças" (CDC) anunciou. De acordo com isso, a transmissão ocorreu em janeiro no estado americano do Texas, depois que o homem retornou de uma estadia na Venezuela. O caso confirmado mostra que os homens também podem transmitir o patógeno um ao outro através do contato sexual. Até agora, pelo menos cinco casos foram relatados nos quais os homens infectaram suas mulheres dessa maneira.

Nenhum sexo desprotegido por pelo menos seis meses
A agência de saúde aconselhou os homens afetados a não fazer sexo desprotegido por pelo menos seis meses. Isso se aplica aos casos em que uma infecção pelo zika já foi diagnosticada, mas também para homens que apresentam sintomas típicos, como febre, dor nas articulações ou conjuntivite. A infecção em si geralmente é inofensiva e geralmente passa despercebida, mas o vírus transmitido pelos mosquitos é particularmente perigoso para mulheres grávidas e seus bebês ainda não nascidos.

Relação com microcefalia confirmada
Foi apenas na quarta-feira que o CDC apresentou evidências da conexão entre infecção pré-natal por zika e malformações do crânio. Consequentemente, o vírus, que é particularmente prevalente na América Latina, pode levar à microcefalia, uma característica do desenvolvimento caracterizada por um crânio comparativamente pequeno. Isso pode levar a malformações cerebrais, o que geralmente significa que as crianças afetadas são portadoras de deficiência mental e sofrem de distúrbios neurológicos. Acredita-se também que o vírus possa desencadear a chamada "síndrome de Guillain-Barré". Trata-se de uma doença inflamatória dos nervos, caracterizada pelo aumento de paralisia e distúrbios de sensibilidade e, na pior das hipóteses, pode ser fatal. (Não)

Informação do autor e fonte



Vídeo: TUDO SOBRE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA - Dr. Marcelo Lima